terça-feira, 9 de setembro de 2008

43 - Uma Oração


"Recuse-se a cair.
Se não puder se recusar a cair, recuse-se a ficar no chão.
Se não puder se recusar a ficar no chão, eleve o coração aos céus e como um mendigo faminto, peçam que o encham e ele será cheio.
Podem empurrá-lo para baixo.
Podem impedí-lo de levantar.
Mas ninguém pode impedí-lo de elevar seu coração aos céus - só você.
É no meio da aflição que tantas coisas ficam claras.
Quem diz que nada de bom resultou disso ainda não está escutando."

Clarissa Pinkola Éstes


Para Tatah e Layla

5 comentários:

Giane disse...

Esta belíssima oração li pela primeira vez no blog de minha querida Layla(correndo com os lobos).
Está colada na parede do meu quarto em frente á porta.
Leio quando saio, leio quando entro.
Meu "mantra" diário.

"A analista junguiana Clarissa Pinkola Estés acredita que na nossa sociedade as mulheres vêm sendo tratadas de uma forma semelhante. Ao investigar o esmagamento da natureza instintiva feminina, Clarissa descobriu a chave da sensação de impotência da mulher moderna. Seu livro, Mulheres que correm com os lobos, ficou durante um ano na lista de mais vendidos nos Estados Unidos."

Retirado do Site da Editora Rocco:
http://www.rocco.com.br/shopping/ExibirLivro.asp?Livro_ID=85-325-0444-2

Giane disse...

O desenho que ilustra o post retirei da internet - infelizmente não lembro o site e não consegui ler o nome do artista que o fez.

É uma de minhas ilustrações favoritas e também está, junto com a oração, na parede do meu quarto...

r_ogeri_o disse...

todos nós caimos :( mas a verdade é que tb todos nos podemos levantar :)

Quase Trinta disse...

Preciso fazer essa oração todos os dias.... na verdade de manhã de tarde e a noite...rs

Layla disse...

Isso é lindo, e nunca na vida eu imaginaria que alguém lê diariamente algo que encontrou através do meu blog... Na verdade, esse tipo de coisa me ilumina os olhos e me mantém escrevendo, saber que estamos todos conectados por um fio, um mar de estrelas que se balança entre pensamentos distantes, como diria minha querida Cecília Meireles.
Obrigada.
Salaam
Layla

Related Posts with Thumbnails