domingo, 24 de maio de 2009

105 - Desiderata


"Vai placidamente em meio á confusão e á impetuosidade, mas lembra-Te de quanta paz existe no silêncio.
Sem Te renderes, faz o possível para estar bem com todos.
Diz a Tua Verdade devagar e claramente: mas, ouve os outros, mesmo o tolo e o ignorante; também eles têm algo a contar.
Evita pessoas barulhentas e agressivas, elas são incomodas para o espiríto.
Se Te comparas aos outros, podes te tornar fútil e amargo; porque sempre haverá pessoas melhores e piores que Tu.
Desfruta dos Teus empreendimentos como também dos Teus projetos.
Conserva-Te interessado em Teu trabalho, não importa quão humilde seja; é uma coisa que possues nas mudanças da sorte e do tempo.

Pratica a prudência nos Teus negócios, porque o mundo está cheio de impostores. Mas não deixes que isto Te impeça de perceberes a verdadeira virtude onde esta existir, muitas pessoas há, que lutam por altos ideais; em toda a parte, a Vida está cheia de atos de heroísmo.

Sê Tu mesmo.
Especialmente, não finjas afeição.
Nem seja ciníco no Amor, porque no meio de toda aridez e desencanto, Ele é ainda Quem predomina.

Toma humildemente o conselho dos anos, e graciosamente concede as coisas da juventude.
Alimenta força de espírito, para que Te escudes num momento de súbita desgraça.
Mas não Te entristeças com as coisas da imaginação.
Muitos receios nascem da fadiga e da solidão.
Além de uma disciplina correta, sê gentil Contigo mesmo.

Tu és um Filho do Universo, não menos que as estrelas ou as árvores, Tu tens o direito de estar aqui. E seja isso claro ou não para Ti, não há dúvida de que o Universo se desdobra exatamente como deve ser.

Portanto, fica em Paz com Deus, qualquer que seja o Teu conceito dele; e quaisquer que sejam Teus trabalhos e aspirações na barulhenta confusão da Vida, conserva-te em Paz com a Tua Alma.

Apesar de toda a vergonha, enfado e sonhos desfeitos, este ainda é um mundo bonito.
Tem cuidado.
Luta para seres feliz."

De um manuscrito encontrado na Igreja velha de São Paulo em Baltimore - datado de 1692


sp - 1986



Imagem: Folhas Soltas e Google Images

14 comentários:

Giane disse...

Um texto antigo, mas muito atual.
Em dias que passam tão rápido, em horas que voam, um tempo para respirar.
Palavras para além de pensar, pausar.

Giane disse...

No blog Folhas Soltas encontramos a seguintes informações:

(DESIDERATA - Do Latim Desideratu: Aquilo que se deseja, aspiração.

Texto encontrado na velha Igreja de Saint Paul, Baltimore, datado de 1692.

Foi citado no livro "Mensagens do Sanctum Celestial", do Fr. Raymond Bernard.

O texto é de Max Ehrmannn e foi registado pela primeira vez em 1927)

Giane disse...

Recebi o texto "Desiderata" ao final de um curso de Análise Transacional quando adolescente. Sempre quis saber quem o escreveu e se a informação estiver correta minha curiosidade foi saciada.

Vivian disse...

...já em 1927
alguém com a mente
iluminada pregava
estes ensinamentos
sempre atuais.

que linda você em relembrá-lo
aqui.

bjs, bjs

f@ disse...

Olá Gianne,

O B E L O... AQUI DECLAMADO... MTO BONITO sempre...

Imenso beijinho

Branca disse...

Muito bonito...
Fica em Paz com Deus, qualquer que seja o Teu conceito dele...isso é o principal e todo o resto será conseqüência disso!

Boa semana amiga.

1/4 de Fada disse...

Incrível como se mantém actual. E muito belo, verdadeiro.

Xana disse...

Os antigos já sabiam de tudo, a gente é que pensa que agora somos sabichões :)
beijinhos e uma ótima semana

Izinha disse...

Oi amiga,

sábias palavras e ditas a muito tempo atrás, realmente é para se pensar e tentar melhorar.

bjos!

tossan disse...

Que maravilha de achado, isso vale mais do que ouro... Gostei muito da tua postagem. É a história. Beijo

Cadinho RoCo disse...

O importante é ser feliz.
Cadinho RoCo

Gilbamar disse...

Um texto desse naipe, transbordante de conselhos úteis e necessários ao viver humano, realmente merece ser perene.

Poético abraço do amigo Gilbamar.

Em busca da auto estima perdida disse...

Putz ... eu não via isso aqui há cerca de uns 05 anos... desde minha ultima aula de Literatura ... Adoro poemas , cronicas.. Manuscritos... Lindo D+
Obrigada por fazer recordar... em especial dessa frase final do manuscrito

Luta para seres feliz...

é isso q eu vou fazer pra sempre
é minha unica certeza na vida
Bjo
gra

Mauro Castro disse...

Me deliciei assistindo aquele vídeo lá embaixo do filme Cinema Paradiso. Eu toco essa música no piano. Tocamos em um casamento, dia desses. Foi uma choradeira geral, inclusive o padre chorou, imagina. Um dia ainda crio um blog pra falar das minhas histórias enquanto músico de casamentos...
Há braços!!

Related Posts with Thumbnails