quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

162 - Três Anjos


O Anjo Doce, agora um tanto amargo, aproximou-se.
A doçura contida em seu olhar ainda se apresentava lá, mas a tristeza agora também fazia companhia.
Agarrava-se a um Sonho que sabia ser vão, mas por ser um Anjo, não o deixaria morrer.
Deu um sorriso calmo e presenteou-me com um grande pedaço dessa Esperança.
Fechou suas asas ao redor de mim por um momento, abriu-as calmamente e voou para longe.

O Anjo das Trevas me encarou. Olhar castanho duro esverdeado. Figura sempre elegante e altiva, nunca deixou transparecer algo mais carinhoso em relação ao meu ser. Nele a frieza,  a determinação, a  praticidade se personificavam. Como fiel companheira: a Solidão.
Arrisquei chegar mais perto dessa incógnita e toquei seu coração de fogo. Coração admirável, mas se ousar chegar muito perto, sem seu consentimento
ele irá feri-lo. Tenho muitas cicatrizes, derramei muitas lágrimas, mas não apagaria nenhuma delas.
Ele abriu seu sorriso mais sincero, envolveu-me fortemente com suas asas e presenteou-me com a Humildade.
E subitamente, ganhou os céus noturnos e tempestuosos que tanto admirava.

O Anjo Primeiro, compreensivo, silencioso, de olhos escuros veio mais para perto.
Dava mostras de uma certa impaciência, perante minhas lágrimas, mas mesmo presenteando-me com sua Amizade, entregou-me a Despedida.
Embora um tanto egoísta, afinal, por ser o primeiro, sempre pensara mais em si, não deixava de ter a bondade do silêncio que não julgava, não ofendia e procurava confortar e compreender quem realmente amava.
Fechou as asas leve e timidamente ao meu redor e por mais que quisesse prendê-lo, sorriu e voou para não mais voltar.


Cada ciclo, apresenta pessoas especiais e novas na minha Vida.
Tive, tenho e sei que terei outros “Anjos” espalhados por aí, Seres que já contribuíram, Seres que hoje contribuem e há ainda, os Seres que haverão de contribuir para com meu aprimoramento um dia.
E Agradeço ao Universo a cada um deles.
Agradeço porque se os encontro ou reencontro, é porque algo de Bom tenho em meu Ser para atraí-los e compartilhar com eles também.
Seja a Esperança de Grandes Alegrias e a Realização de nossos Sonhos.
Seja a Humildade da Aceitação de diversas e “adversas” situações e de nossas limitações e capacidades diante delas.
Seja a Despedida para um reencontro futuro nesse ou outros patamares.


Para cada Anjo de Belos Versos, Belas Imagens, Boas Palavras.
Boas Festas!

11 comentários:

Giane disse...

Fiquem Bem, Fiquem no Bem e até o Ano que Vem!!!

Beijos mil e Corujais!!!

Du disse...

Seja no Natal ou em qualquer outra data, devemos sempre sentir a presença de Deus em nossos corações. Neste ano que passou, apesar de tudo que sofri, sempre senti que Ele me carregava no colo quando eu achava que não podia mais seguir meu caminho. 2010 foi o ano mais difícil de toda minha vida, mas ao mesmo tempo, foi o ano em que tive provas de que verdadeiras amizades ainda existem e que Deus nunca nos desampara. Talvez por isto eu tenha conseguido meu emprego tão sonhado, depois de tantas batalhas, internas e externas...

"Girando o mundo nos guia à poesia dos dias, seja com o sol, seja com a lua, ela é tua... a felicidade está em ti."

(postei esta frase no twitter quando senti que o sorriso é como uma cura... e foi. mudei minha atitude diante dos fatos e meu pensamento atraiu energias positivas)

Sou agnóstica, só pra constar, acredito em energias positivas que posso chamar do que eu quiser, inclusive de Deus, até para uma maior compreensão dos que lêem e tem outras crenças... ou até pra quem não tem nenhuma!

Beijos n'alma Giane, e que sejam felizes todos os teus dias, inclusive o de hoje!

Vivian disse...

...olá minha anjinha
carinhosa!!

"O laço que une a sua
família verdadeira não
é de sangue, mas de
respeito e alegria
pela vida um do outro.

Raramente os membros de
uma família se criam
sob o mesmo teto."

Richard Bach [Ilusões]


...eu penso que na blogosfera
também é assim, um lugar onde
fazemos tantos amigos/irmãos,
atraídos pelas afinidades de
alma.

e é em nome destas afinidades
que eu estou aqui desejando à
você que sempre esteve comigo,
um felicíssimo 2011, ano em que
se Deus quiser, também estaremos
juntos nos caminhos do amor!

bjbj

Thais Lopes disse...

Lindo seu texto. Importante para a reflexão. Por varias vezes agimos como os anjos citados.
Parabéns!

abços

Adorei passar por aqui!

João Francisco Viégas disse...

Quando esse anjo volta?

Blue disse...

Pois não é que o ano vai passando rapidinho e não encontramos mais a Giane por aqui...

Beijos

Giane disse...

Bom ter Amigos. Sejam reais, virtuais ou "sazonais", como Eu, ultimamente.
Melhor que tudo, poder saber e compartilhar um pouco dessa existência com Seres como Você.
Seres que fazem com que a gente volte a crer ainda mais na Vida.
Não importa com que tipo de energia acreditemos nela.

Beijos Du. E que 2011 seja um dos melhores anos de nossas Vidas.
Agradeço por tudo.
Tudo mesmo.

http://www.mocadosonho.com/2011/02/para-elis-onde-estiver.html

Giane disse...

Querida Vivi...

Sou obrigada a discordar. Há momentos na Vida em que o TER é quase mais importante que o SER.
Afinal, como Ser mais Feliz sem TER Seres tão lindos e carinhosos como Você em nossas Vidas?

"Sem Amor, Eu nada seria" - Camões.

E que nesse ano, possamos a continuar a compartilhar de uma Amizade descrita e escrita sempre de maneiras tão gentis.

Beijos mil, Vivi e Agradeço por tudo.


http://vivi-infoco.blogspot.com/2011/02/ser-ou-ter.html

Giane disse...

Lembrou-me um filme que assisti na adolescência, chamado "O baile" em que as histórias dos personagens eram contadas através da dança, não de maneira frenética, mas cadênciada e com o ritmo musical de cada época.

Ainda assim: "Todos sós, em um mesmo espaço. Todos os nós desfeitos nos defeitos da música. Todos juntos. Distantes. Estrangeiros."

Belo texto, Thais.

Agradeço por sua visita e voltarei aqui.

Beijos mil!!!

http://asfloresdeumjardim.blogspot.com/2011/02/ela-danca-freneticamente-musicas-dos.html#comments

Giane disse...

Oi, João.

Plagiar é maldade. Toma-se conscientemente como própria a idéia de outra pessoa.

Copiar é mais ameno. Copia-se uma idéia com autorização e coloca-se os devidos créditos.

Criar é livre. Mesmo que por vezes, tropecemos em clones de nossa criatividade que estão soltos por aí.

Beijos mil!!!

PS: O Anjo, Eu não sei, mas a Coruja está de volta - rsrs!

http://eopedefeijao.blogspot.com/2011/02/plagio-quem-copia-quem.html

Giane disse...

Querido Blue;

Li, reli, gostei.

Voltei.

Agradeço sua lembrança, sempre tão Inspirada e Azul...

Beijos mil!!!

http://andandoedivagando-blue.blogspot.com/2011/02/fotografei.html

Related Posts with Thumbnails